domingo, 5 de novembro de 2017

queria

Eu queria ser um poeta
que levasse às multidões
vastas compreensões
múltiplas visões
rios de inspirações

Queria que minhas obras
atravessassem séculos
girassem peças, filmes, camisetas
livros escritos por terceiros
raios pra cinco gerações

Queria que eu fosse fantástico
e o povo fosse fanático
e minhas fotos virassem quadros
meus escritos leiloados
meu levar a vida admirado

É o querer que me anseia
e eu me vejo pequeno e fraco
bastante impotente
desimportante indecente
de tempo insuficiente
e uma pequenez cruel

E essa dor me rasga
A ansiedade me engasga
E eu acordo às três pra beber água
assim
Como se o próximo passo fosse o fim

Na verdade
O aprendizado que se instala aqui
que é o modo de lidar que descobri
é que o que corta a casa e transgride a ordem
é saber aceitar enfim
o poeta que habita dentro de mim

Escrever é mais que tocar o outro
Escrever é se tocar.

nome e caixa

Sou bicha
e sou homem
não tenho problema em ser chamado no feminino
e não me identifico como mulher
me sinto bem encaixado no meu corpo
me identifico com ele
e gosto de roupas que não foram feitas para homem
assim como as que foram feitas.

Tudo bem eu estar linda.
Qual o problema em ser chamado de ela por um momento?
E qual o problema em ser chamado de homem também?
Não tem nada de errado com homem
nada de errado com mulher
com os outros gêneros
O problema é confundir nome com caixa
e querer se fechar ou fechar alguém nela
a gente nem sabe o que a gente é
a gente é tão mais
tão além...

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

uma complicação

sou tantos
tantas
um carnaval

meu corpo é duro, é flexível
é pronto, é mole
eu sou profundo e superficial
sereio seres e sou um raso banal

Faço revoluções, sou de discrições
me visto bem e to nem aí com roupa
Sou muito seguro e ninguém me domina
Tenho uma vulnerabilidade que adere em qualquer esquina

Sou cabeção,ignorantão
intelectual, inculto
Sou crente e sou ateu
Não sou você e não sou eu

Amo a humanidade 
odeio todo mundo
sofro de vergonhas rasas 
e de amores passageiros e profundos

Não ligo pra ninguém
quero todo mundo bem
amo e deveria ser mais
eles tem exatamente o que posso dar

Não me limito a ser o que penso ser
se eu não abraçar a contradição
eu deixo de me sentir completo
e me torno uma complicação

uma complicação...

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

e você veio com seu feminismo

Quando você veio com seu feminismo
eu me perguntei
quem é essa aí?
Que ela quer dizer?
Por que está falando isso?

E foi tão feroz que eu nem parei pra ouvir
eu detestei
julguei
mas não falei
que minha discrição me mandava observar.

Daí, muitas mulheres ao redor começaram a vir com isso também
e a ruga entre minhas sobrancelhas se acentuava
o que está acontecendo?
Isso deve ser importante.
Ta todo mundo falando.
As mulheres estão se expondo!

Pude olhar melhor pra isso
um pouco
entre achar que nada a ver
ou que era exagerado
elas me mostraram uma realidade completamente
completamente
completamente desconhecida.

Aí tive que me dobrar

resolvi ouvir o que diziam
que eu jamais sofreria 
seus abusos
viveria suas histórias
jamais sim
plesmente
porque sou 
homem!

Que bizarro!
Eu achei que o mundo era o que eu vivia ao meu redor!

Vi que vai além
além do que eu vi no facebook
do que eu li na revista
do que eu assisti no youtube
tinha que vasculhar a minha mente
meu emocional
fazer lição de casa sim
plesmente
porque não havia outro jeito

Pra você seu feminismo é importante
mas o feminismo não é importante
não só pra você.
O feminismo é importante pra todo mundo.

paralisaria

eu não sei
sempre que julgo
que sei
minha ignorância desaba sobre mim

Portanto, mal me conheço
menos ainda do que gosto

Não posso dissimular
meu desajuste
nem fingir que sou ajustado

Só a aceitação salva

de um potencial círculo mental que só me exaustaria e no correr da vida
me
paralisaria.

quem aí?

Crio com dores de parto que
pelo ombro desencontram
meios
ou seios
pra encontrarem seu fim

Minha palavra é
corporal
desprende, estende te entendo e ela
vai por aí
vai pra longe de mim

Desnudo tanto que eu
quase tenho vergonha
mas do que devo me envergonhar?

Quem aí precisa se aceitar?

Eu preciso e vou
honrar
a não ideal pérola
mais perfeita que qualquer outra
que eu
porventura
pudesse criar

Eu preciso e vou
honrar
a não ideal
pérola.

Me encontrar é minha sina.
Se perder é por onde se caminha.

e l a

A última vez que a vi
tinha olhos de partida
mãos de bagagem

Os cabelos arrumados
e uma mania de olhar pra trás
pra onde eu já não podia ver

Pra onde foi
o que faz agora
só posso imaginar

Julgo analisar
mas não posso
não consigo rastrear

Eu sou tantos em um
que mal consigo me encontrar
mas ela me unia

Ela me encontrará
se quiser um dia
ou se de mim precisar