terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Nova Era

Escutei o mantra ecoando dos quatro cantos de Gaia, a Mãe Terra, e caí de joelhos, agradecido pela sua infinita misericórdia de nos acolher em teu seio, nos dando a oportunidade infinita de encarnar em seus domínios com a missão única de regeneração.
   Purifiquei-me na fonte de águas douradas que Gaia mandou, nadei em águas cristalinas e ressuscitei, então já não era só esse indivíduo, era um ser de luz com uma missão maior: a de elevar à vibrações superiores todos os seres humanos... Aquilo que eu estava recebendo era um chamado, um chamado irrecusável que descia até mim das alturas superiores às estrelas.
- O que eu tenho que fazer? - perguntei, e uma onda de amor e felicidade me plenificou, enchendo meu corpo de calor e desprendendo lágrimas há muito encarceradas nas masmorras do meu orgulho. 
   Compreendi.
   Levante-me, tonto de tanta luz recebida e fechei os olhos, transbordando gratidão por todo aquele esplendor, emanando SIM por todos os poros do meu corpo, aceitando ser fiel no que me tinha sido confiado e recebendo dons sob a promessa de que eu não me esqueceria deste momento.
   Abri os olhos finalmente e tudo o que eles receberam foi muita escuridão e água. Eu sabia que muito em breve a luz deste Sol, que brilha para todos desta galáxia, me tocaria, sabia também que Júpiter seria a minha recompensa, para mais um tempo de elevação de consciência, a única coisa que eu não sabia neste momento, era como falar e andar.

3 comentários:

  1. Nuti obrigado pela visita já estou te seguino, segue de volta, beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com
    http://www.lucimarvirtual.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. lindo seu blog *--*
    esse é o meu http://somewheretobehappy.wordpress.com/

    ResponderExcluir